quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Ela só queria ser aceita...



Ana era uma menina introvertida e tímida, e as pessoas zombavam dela por causa disso. Mas o que ninguém parava para pensar era o porquê de Ana ser assim.


Essa é uma história que vem se repetindo há muito tempo, já passei e ainda passo por esse tipo de preconceito, vivemos em um mundo em que existe discriminação para tudo, inclusive para a personalidade.
Ser tímido é sentir vergonha em conversar normalmente, e não conseguir se expressar naturalmente e arrepender-se a todo o momento do que acabou de falar e ficar extremamente ansioso em situações de contato humano, para mim em um estágio mais alto é como se fosse uma fobia social. Essa não é a definição do dicionário, mas a definição de quem vive o problema.
O que me pergunto é: É minha culpa ser tímida? Acredito que em parte sim, porque uma das piores coisas é que nos culpamos pelas situações que acontecem e ás vezes precisamos de um tratamento mais específico e não temos coragem de procurar ou simplesmente paramos de tentar, mas as pessoas de um modo geral também não contribuem, não toleram as diferenças uns dos outros, e se esquecem que todos têm alguma dificuldade, e quem discrimina também tem a sua própria diferença e seu jeito de ser.
Os tímidos sofrem constantemente com piadinhas na escola, por exemplo, alguns me chamavam de mudinha, o que obviamente não me fazia feliz, mas que somente depois de mais velha descobri o quanto me fez mal.
O que tenho a dizer para todos é que tentem ser mais abertos ao jeito de ser das outras pessoas, e ao invés de rir ou denegrir a imagem de alguém, aceitar a diferença e apoiar nas dificuldades, não fazer um escândalo, mas tentar agir normalmente em um grupo que tenha uma pessoa tímida e tentar introduzi - lá no assunto de vez em quando, pois o tímido tem muita dificuldade de participar de uma conversa em grupo e a pressão de fazê-lo também contribui para o mal estar.
E a nós tímidos, que possamos tentar fazer algo por nós mesmos, que possamos respirar fundo e seguir em frente sempre, não se arrepender de tudo e sentir menos medo de viver o momento e se necessário buscar ajuda profissional.
Ninguém é melhor que você, todos temos os mesmos direitos e nós temos que buscar melhorar, pois quem sofre somos nós.
Não tenho nenhuma lição de moral para dar, porque também estou tentando, mas só de estar aqui escrevendo sem medo de me expressar, mesmo que seja virtualmente, que obviamente é mais fácil, eu estou fazendo alguma coisa, e sei que deve ser dado um passo de cada vez na busca da melhora.

Espero que meu texto deixe uma pequena reflexão para cada um de vocês.
Compartilhem comigo o que vocês pensam sobre o assunto. Se são ou se conhecem pessoas tímidas e como reagem a essa situação?

Até o próximo... :)
diHITT - Notícias Diretório de Blogs - See more at: http://www.galeriadeblogs.com/recomendar/#sthash.FxnuN0ab.dpuf